call LIGUE-NOS 808 20 40 20
PT

Wall Street English Investe em Novos Centros em Linda-a-Velha e Guimarães

O Wall Street English (WSE) acaba de abrir novos centros em Linda-a-Velha e em Guimarães, criando espaços pensados e estruturados para tornar a aprendizagem do Inglês mais motivante e produtiva, ajudando mais portugueses a dominar esta Língua global.

Guimarães e Linda-a-Velha passam, assim, a apresentar a nova marca, design e decor Wall Street English, nome que passa a designar o Wall Street Institute após realizada uma operação de rebranding que vai renovar a identidade do líder global do ensino da Língua Inglesa nos seus 450 centros em todo o mundo.

Ambos os Centros de Ensino, que vêm substituir os espaços que o Wall Street Institute tinha anteriormente em ambos os locais, passam a estar mais centrais: na cidade berço, os vimaranenses encontram-no na Avenida Conde Margaride, e em Linda-a-Velha o espaço escolhido foi o Dolce Vita Central Park, sendo este o primeiro Centro WSE a instalar-se num centro comercial.

Os novos WSE estão dotados de tecnologias mais modernas e a organização do espaço promove maior interação entre os alunos, levando-os a uma aplicação prática e dinâmica do Inglês que aprendem em sala, um objetivo enquadrado no conceito de aprendizagem natural – aprender durante as atividades quotidianas - que torna inovador o método de ensino do Wall Street English.

Portugal é o país pioneiro na mudança para Wall Street English

Estruturados para dar uma resposta mais eficaz a este método de ensino, os Centros afirmam-se como uma porta aberta para a aprendizagem do Inglês e para as oportunidades que o domínio desta Língua global ajuda a abrir, uma vocação que está bem patente no seu novo logótipo – uma porta entreaberta que é simultaneamente um ‘balão de fala’.

Refira-se que Portugal foi pioneiro em todo o mundo a implementar esta nova identidade, aplicando-a inicialmente no centro que inaugurou no Saldanha e agora nestes dois espaços.

Recorde-se que o WSE tem vindo a inaugurar diversos novos centros por todo o país – Matosinhos, Gondomar, Setúbal, Torres Vedras, Benfica, contando atualmente com 33 centros de norte a sul e na Madeira. Está igualmente a reestruturar alguns dos seus centros, para que a língua inglesa e o seu método de ensino inovador possam chegar de forma mais efetiva a cada vez mais portugueses.

arrow_back Anterior
Seguinte arrow_forward