call LIGUE-NOS 808 20 40 20
PT

Porque é que falar INGLÊS vai melhorar a sua vida?

Inquiridos que falam inglês admitem que ganham mais 25% no seu ordenado

Lisboa, 29 de maio de 2019 - De acordo com o Estudo promovido pelo Wall Street English, em conjunto com o YouGov, empresa líder mundial de estudos de mercado no Reino Unido, 48% dos profissionais com habilitações em inglês, vê um benefício direto em cerca de 25% no seu ordenado.

A avaliação demonstra as vantagens de falar inglês e a procura pela aprendizagem da língua inglesa em todo o mundo, através de entrevistas realizadas a uma amostra de 500 profissionais e estudantes, entre os 18 e os 50 anos, em oito mercados da Europa, Ásia e América.

O nível de proficiência em inglês variou consideravelmente de acordo com o mercado, com a Alemanha a obter a maior proporção de falantes de inglês avançados com 44%, e o Japão o menor, com 10%. É também no Japão onde existe o maior número de não falantes, com uma representação de 57%.

À questão “Quantas pessoas estão atualmente a aprender ou com intenção de aprender inglês e qual pode ser a dimensão da procura por cursos de inglês nos próximos 5 anos?”, 50% dos inquiridos revela ser muito propenso a fazer o curso de inglês nos próximos 5 anos.

No mercado de trabalho global, 7 em 10 profissionais já está a aprender inglês ou pretende aprender. Na Alemanha, onde existe a maior proporção de utilizadores de inglês avançado, há muito menos envolvimento na aprendizagem do inglês do que no mundo em desenvolvimento, onde as ambições da florescente classe média estão a impulsionar a procura.

O estudo revela ainda que, as populações que trabalham e estudam em todo o mundo, estão fortemente predispostas a aprender ou a melhorar suas habilidades na língua inglesa.

Embora a conveniência e a flexibilidade da aprendizagem online continue a atrair muitos alunos, parece improvável que esta venha a substituir o tradicional ambiente de sala de aula mais sociável.

A tendência será que as entidades de ensino de inglês desenvolvam currículos atraentes de aprendizagem combinada – “blended learning” - cursos que aproveitam os muitos benefícios que a tecnologia móvel tem para oferecer, mantendo a interface humana da sala de aula.

 

Por que razão as pessoas em todo o mundo querem aprender inglês e quais as barreiras à aprendizagem?

A tendência mundial dos profissionais e estudantes aspirarem a trabalhar em cidades como Londres e Nova York é cada vez maior. No entanto, as razões apontadas para querer aprender inglês estão relacionadas não só com as perspetivas de carreira como com o desenvolvimento pessoal, sendo as três principais: o desenvolvimento pessoal; tornar as viagens mais agradáveis e aumentar o potencial de ganhos.

A aprendizagem da língua pode levar entre 400 a 2.000 horas de formação, ou até vários anos para alcançar um nível intermédio de inglês. Este argumento é apontado por mais de um terço dos não utilizadores do inglês em todos os mercados, como a principal barreira para a aprendizagem da língua.

Global English Language Report

arrow_back Anterior
Seguinte arrow_forward