call LIGUE-NOS 808 20 40 20
PT

Adeus Wall Street Institute. Olá Wall Street English.

É líder global no ensino da língua inglesa e está em Portugal desde 1995 com um conceito inovador de “Aprendizagem Natural de Inglês” que aplica nos seus 33 centros em Portugal Continental e na Região Autónoma da Madeira. Falamos do Wall Street que, embora seja o mesmo instituto de sempre, passa agora a chamar-se Wall Street English e a apresentar uma nova imagem que é uma porta aberta para aprender a língua mais falada do mundo.

A mudança de identidade já começou e Portugal é pioneiro na implementação deste processo de rebranding que visa destacar aquilo que o Wall Street English (WSE) melhor sabe fazer: abrir portas para um futuro melhor, ajudando os seus alunos a dominar aquela que é a Língua Global – o Inglês.

O novo nome Wall Street English reforça a especialização no Inglês e a nova imagem - uma porta entreaberta incorporada num balão de fala que é um símbolo universal de conversação – representa literalmente uma porta que se abre a um futuro de melhores oportunidades.

O Wall Street English afirma-se cada vez mais como um parceiro neste caminho que um número crescente de portugueses sente necessidade de percorrer, quer porque o Inglês começou a entrar nas atividades quotidianas, quer por imperativo profissional, quer também pelas oportunidades que um bom domínio da Língua potencia fora do país. Hoje, são mais de 12 mil os alunos que frequentam os Centros em Portugal, um número muito significativo e que tem vindo a crescer.

Para dar resposta a esta procura, o Wall Street English está a renovar vários centros e abriu cinco novos espaços, destacando-se entre eles o Wall Street English do Saldanha, em Lisboa, que é nada menos do que o maior centro Wall Street da Península Ibérica, com capacidade para 1000 alunos. Este também é o primeiro centro do mundo a receber a nova imagem do WSE.

Aberturas e renovações visam igualmente reforçar o perfil dos Centros Wall Street English como espaços de convívio, em que a aprendizagem do Inglês se faz naturalmente e sem se confinar à sala de aula.

Refira-se que o Wall Street English nasceu em 1972, em Itália, com o intuito de responder a uma necessidade crescente pelo domínio do Inglês. A procura emergente intensificou-se também noutros mercados e potenciou a internacionalização do Instituto que, em 2010, foi adquirido Grupo Pearson Education. Com sede nos EUA, o Wall Street English continuou a crescer e está hoje presente em 27 países, onde ensina 190 mil alunos.

arrow_back Anterior
Seguinte arrow_forward